segunda-feira, 31 de março de 2014

Visões do Passado - Fábrica Santo Antonio "Café Natal"

Por: Luiz Gastão Gumy


Antes de construírem esta casa de alvenaria, em seu lugar existiu uma casa toda de madeira que serviu por muitos anos de residência do Sr. Jacob João Mayer. Nos fundos  aparece um barracão de 15 mts. de comprimento no qual o Sr. Jacob fez sozinho toda a instalação elétrica e ali montou um moinho completo todo artesanau para trabalhar com moagem e torrefação de café. Lembrando que em 1930 o Sr. Jacob era funcionário do Sr. Domingos Lopes que tinha uma fabrica de café. na Rua Cél. Macedo bem em frente à antiga Fábrica de Laminados Pavão de propriedade do o Sr. Daniel Mansani (antiga FacPal). No ano de 1941 incicia suas atividades com seus filhos: Adolpho Mayer e José Bernardo Mayer , tendo como Razão Social “Fábrica Santo Antônio” produzindo na época o tradicional “Café Natal” o qual era bem comercializado em nossa cidade e transportado de carroça com  toldo e comercializado também  na  Colônia de Papagaios Novos e Porto Amazonas. Misturava-se em cada saca de café uma lata de 20 Kg de açúcar amarelo, e ali eram produzidos 120 Kg de café por dia e quando da necessidade era produzido até 3 sacas de 60 Kg. cada por dia.


Em Palmeira ainda não havia sido construído o IBC, mas em 1959 o Instituto Brasileiro do Café em Brasília começou fazer algumas exigências aonde veio a prejudicar muitas das pequenas empresas em todo o estado e mesmo assim o Café Natal foi produzido e comercializado por mais dois anos, encerrando suas atividades em 1961.
Jacob João Mayer nasceu em 1888 e faleceu em 23/09/1962. Com o seu falecimento passou-se a herança para o Sr. Adolfo Mayer e cada um de seus irmãos vieram a comprar suas partes, e mais tarde os irmãos Mayer abriram o “Armazém  Mayer” que funcionou até 1980 quando então, após a demolição deste prédio armazém, os irmãos resolveram expandir seus negócios vindo a construírem o “Supermercado Gamelão” até hoje ali funcionando.

Lembrando que o Torrefador de Café, única peça que sobrou do moinho foi doado para o Museu Histórico de palmeira.



Nenhum comentário:

Postar um comentário