sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Artigo - Recordar é Viver: Estação Ferroviária de Palmeira, sob o olhar de Arthur Orlando Klas

Ângela Rodrigues Camargo formada no Curso de Licenciatura em História da UEPG (Universidade Estadual de Ponta Grossa) em 2013. Em sua monografia conta sobre a Estação Ferroviária de Palmeira sob, o Olhar de Arthur Orlando Klas.
Resumo sobre seu artigo:
Este estudo sobre a reportagem 13 de Maio de 1893: O progresso Chega em Palmeira, do escritor Arthur Orlando Klas na revista Recordar é Viver, implicará em uma análise sobre a importância da estação ferroviária para o crescimento e valorização da sociedade palmeirense, através do olhar do autor. As estradas de ferro promoveram mudanças principalmente na época em que os principais meios de transportes eram ainda de tração animal, como a carroça, a charrete, as diligências, cavalos de montarias entre outros. A pesquisa consiste em analisar esse olhar do autor atravessando as entrelinhas informacionais detalhando as relações entre as palavras para relacionar o discurso produzido com o contexto histórico vivido. Do ponto de vista teórico, ela pretende sugerir uma distinção entre os conceitos de desenvolvimento, crescimento e modernização que muitas vezes, são confundidos. Do ponto de vista prático, ela pretende examinar a questão do beneficio das mudanças socioeconômicas no município de Palmeira.

Clique na Imagem para ver o artigo

Nenhum comentário:

Postar um comentário