segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Visões do Passado - Certificado Especial de Habilitação

Por: Luiz Gastão Gumy
______________________________________________________



No ano de 1927 em todo o Paraná, para que uma pessoa fosse admitido em qualquer prefeitura, era obrigado a possuir essa carteira que era confeccionada na própria prefeitura. Pagava-se uma taxa, e recolhia-se mensalmente para o IAPTEC (Instituto de Aposentadoria e Pensões dos Trabalhadores de Empresas de Transporte de Cargas) a mensalidade de Rs 7 $ 000 (Sete Mil Reis). Já em Curitiba esta mensalidade era de Rs 17 $ 000 (Dezessete Mil Reis).  Quando se recolhia o IAPTEC, colava-se um selo naquela carteira, e quem não apresentasse a carteira com aquele selo não passava nos postos fiscais que eram guaritas de madeiras armadas na beira das estradas. Uma das guaritas funcionava aqui em Palmeira no cruzamento da PR 151 sentido Vila Rosa e a outra em frente à Magparaná. De cinco em cinco anos os motoristas tinham que deslocar-se até Curitiba para fazer o exame de vista e renovar suas carteiras. Haviam 3 espécies de carteiras às quais possuíam letras estampadas em sua capa. Uma das letras era para o motorista amador que tinha permissão para dirigir somente automóveis, outra letra que permitia o motorista dirigir somente ônibus e a outra que permitia o motorista dirigir somente caminhões e carros tanque.


Lembrando que aqui na prefeitura de Palmeira trabalharam como motoristas usando estes certificados os Srs. Reinaldo Diamiro Chemim (Miro – trabalhou ali por 18 anos) Milton Luiz Albuquerque (Miltinho – o 1º mais antigo) e o segundo foi o Sr. João Rodrigues (Negro Mhel), posteriormente vieram Pedro Farias, Pedro Francisco, Zeca de Paula Neto e Lodevir Cordeiro.
Em 1944 em todo o Paraná, caiu à lei de exigência destas carteiras e os novos motoristas que eram admitidos nas prefeituras retiravam as mesmas somente em Curitiba no Detram (modelos novos).
A presente cópia deste certificado que mostramos hoje nesta pagina pertenceu ao Sr. Orlando Mezzadri (Pai do Sr. Ari Mezzadri) datado de 25/01/1939, assinado pelo Inspetor Fiscal Sr. Salvador Alves de Paula (Avô do Antonio Salvador Alves de Paula -Pinduca) e pelo Tesoureiro Sr. Júlio André Gumy (Meu Avô).

 


Nenhum comentário:

Postar um comentário